Arrendar imobiliário

Os 5 Passos Simples Para Arrendar a Sua Casa

Arrendar casa pode parecer algo fácil, mas na hora de meter as mãos na massa torna-se complicado. Há que ter vários fatores em consideração para que não prejudique o seu dia a dia no futuro nem à pessoa que pretende arrendar o seu imóvel.

Ter a casa em condições suficientes para a sua habitação é obrigatório, situações legais e contratuais também não podem faltar, portanto realizamos este guia prático de 5 passos simples para arrendar a sua casa.

1º Passo – Remodelar

post remodel - Os 5 Passos Simples Para Arrendar a Sua Casa

Caso queira alugar a sua casa, com certeza que terá situações pontuais que precisam de atenção especial, ou um bocado do teto pegou um pouco de humidade, ou tem uma janela sem o isolamento necessário, são várias as possibilidades que podem ser necessárias.

Portanto começamos por aqui, deixe a casa conforme gostaria que deixassem para si e de acordo com o valor que pretende praticar pela mesma. Não se esqueça que todas os problemas exteriores são da responsabilidade do senhorio e os interiores são do inquilino, portanto o inquilino tem de deixar a casa da mesma forma que a recebeu, portanto se não a receber num bom estado, também não a deixará da melhor forma.

2º Passo – Publicitar

post advertice - Os 5 Passos Simples Para Arrendar a Sua Casa

Parece fácil, mas muitas vezes é complicado encontrar uma pessoa que seja responsável e que não traga problemas no futuro, portanto publicitar o seu imóvel tem de ser feito com cuidado. Para isso, pode recorrer aos nossos serviços de publicidade que iremos anunciar o seu pedido com todo o gosto, também pode procurar espaços físicos como hipermercados que por norma têm uma secção destinada para estes fins.

Para além disso, tente pedir referências de senhorios passados, mês de caução e procure também em listas online de “bons inquilinos”, isto porque, infelizmente, muitos pretende alugar o seu imóvel, mas não pagam a mensalidade dos mesmos e depois para retirá-los do mesmo torna-se uma dor de cabeça.

3º Passo – Contrato

post contract - Os 5 Passos Simples Para Arrendar a Sua Casa

Tem várias hipóteses para realizar o contrato do imóvel, pode escolher um contrato de 6 meses, 1 ano, 6 anos ou superior, caso não conheça o inquilino o recomendado talvez seja começar por contratos de 6 meses para que se tiver problemas com o mesmo possa rescindir num curto espaço de tempo, caso tenha confiança com o mesmo, 6 anos ou superior pode ser a melhor opção para si visto que terá maior tempo com o inquilino na sua casa e este também não terá preocupações de ser despejado.

Para além disso, o contrato de arrendamento tem de cumprir vários requisitos que são pedidos pela lei, estes requisitos terão que ser validados por uma entidade competente para o efeito e só então pode avançar com o mesmo, fazendo 3 cópias, uma para o departamento de finanças, uma para si e outra para o inquilino.

4º Passo – Contato

post contact - Os 5 Passos Simples Para Arrendar a Sua Casa

O que por vezes parece óbvio escapa da memória, quando tiver cara a cara com o inquilino, não se esqueça de pedir os contatos válidos do mesmo, e dê também os seus para que alguma coisa aconteça estejam ambos contactáveis.

Por norma temos tendência a confiar uns nos outros e passada a hora de assinar o contrato achamos que não é preciso mais nada, mas quando um mês passa, dois meses, três meses, e tentamos contactar o inquilino (ou vice-versa) e caímos sempre na caixa de correio torna-se um problema bastante desconfortável.

Quando trocar de contactos ligue para o número facultado e garanta que este está com o inquilino/senhorio, há imensos casos de pessoas arrendarem a casa e simplesmente “desaparecerem” sem deixar rasto e sem os contatos, não tem como saber o que se está a passar.

5º Passo – Acompanhamento

Com certeza que já comprou algum serviço ou produto e de vez em quando a companhia a que requisitamos os produtos liga-nos para saber se está tudo bem, a sensação que passa é de preocupação pelo seu bem-estar certo?

Quando arrendar a sua casa a sensação que transmite ao inquilino vai ser a mesma, com isto não dizemos para ligar todas as semanas, mas uma vez por mês a questionar se o inquilino precisa de algo ou mostrar apenas interesse no bem-estar do seu inquilino torna a experiência de viver nos seus imóveis única.

Este sentimento é bom para o inquilino porque vai estar mais a vontade consigo, o que leva a uma maior sinceridade e confiança, como é bom para si pois para além desse inquilino recomendar aos seus familiares e amigos que precisem para alugar um dos seus imóveis, como este sentirá maior necessidade de não ter rendas em atraso.